3 dicas para lucrar mais com o uso do Captive Portal

Como lucrar mais com o uso do Captive Portal
Como lucrar mais com o uso do Captive Portal - RDNE Stock project (Pexels)

Navegue pelo conteúdo

Atualmente, pelo menos 5 bilhões de pessoas possuem acesso à internet. Em 2021, segundo pesquisa divulgada pela Strategy Analytics, aproximadamente 4 bilhões tinham em sua posse ao menos um smartphone. É mais do que óbvio que vivemos na era da conectividade. Onde, onde quer que estejamos, há-o ímpeto de encontrar uma rede wi-fi para continuar suas atividades online.

Esteja você em uma lanchonete, um albergue ou qualquer outro negócio, é muito provável que já tenha se deparado com um Captive Portal, sem perceber. Sabe quando você clica para conectar em uma rede aparentemente aberta e uma página de login é aberta? 

Especificamente, o Captive Portal serve para isso. É uma interface responsável por prover acesso à internet após a finalização de um procedimento de autenticação ou interação, que pode conter etapas como coletas de dados (nome, e-mail) e o engajamento em redes sociais, como check-in no Facebook, curtida na página, entre outros.

Trata-se, literalmente, de um portão de entrada para a internet, projetado para limitar e monitorar a entrada dos usuários à rede de wi-fi. Sendo esta, comum em hotéis, aeroportos e shoppings, assim como em pequenos e médios negócios.

Neste artigo, abordaremos as vantagens deste recurso, as possibilidades de negócio para sua empresa a partir dos dados coletados e, por fim, o que os especialistas esperam para o futuro. Afinal, ele deve ser um facilitador tanto para a empresa quanto para o consumidor, e não contar com etapas burocráticas demais e cansativas.

Quais as principais vantagens do Captive Portal?

A principal vantagem do captive portal é a segurança. Com o uso desse software, somente pessoas confiáveis e autorizadas terão acesso a sua rede e isso pode inibir pessoas com más intenções. 

Além disso, é possível bloquear o acesso a sites que você considera inseguro e ainda, entender o comportamento do seu usuário.

É a partir desta premissa que sua empresa passa a lucrar mais com o captive portal. Principalmente porque os dados que as pessoas inserem ao entrar na sua rede ficam salvos e são de muita ajuda para o time de marketing. 

Vamos explicar melhor sobre isso no próximo tópico. Pegue o caderno e caneta e anote tudo para não esquecer!

Como lucrar com esse “portão de entrada” a rede wi-fi?

Como explicamos anteriormente, utilizar um captive portal em sua empresa, além de trazer mais segurança para a rede e usuários, pode gerar lucros a partir da coleta de dados realizada. Separamos, então, 3 formas de lucrar mais com esse recurso a partir de estratégias do marketing.

Enriqueça suas campanhas de performance

Utilizando a base de dados recolhida no captive portal você poderá melhorar a segmentação dos seus anúncios, atingindo pessoas de público parecido do qual já atende. Com base em uma ampla análise de dados, é possível aumentar consideravelmente sua audiência e consequentemente, seu faturamento.

Reforce o relacionamento com seu cliente 

Ao utilizar a base de dados obtida através dessa ferramenta, é possível realizar ações que conversem com o público-alvo da sua marca, além de implementar o envio de e-mail marketing, listas de transmissões e outros, sempre com foco na fidelidade do cliente e no que ele mais procura da sua empresa.

Monetize o Captive Portal com anúncios 

Nas telas iniciais deste produto é possível adicionar espaços para mídias pagas como propagandas, banners e vídeos. Mas lembre-se, o Captive Portal deve facilitar o relacionamento entre você e o cliente, ou seja, não exagere.

O que se espera para o futuro desta tecnologia?

O que antes era muito conhecido por “login social”, onde para acessar as redes wi-fi era necessário conectar-se através do Instagram, Facebook ou Gmail, por exemplo, hoje, torna-se cada vez mais um processo mais rápido e seguro para a proteção de dados do usuário. Agora, a partir do apoio de gestores de hotspots, os captive portals funcionam com acesso a partir de e-mails e senhas, ou, por exemplo, com códigos de liberação.

Algo muito mais rápido, fácil e seguro para todos e que ainda mantém as vantagens em relação à segurança e lucratividade. O acesso à página de login é fornecido pelas empresas via QR Codes ou notificações push, por exemplo.

Veja também:

Como resolver Erro 0x0 0x0 no Windows? Descubra agora! [2024]

Como formatar um notebook Samsung?

Compartilhe

Deixe seu comentário